Sentir

Pensar

Agir

O grupo de autorrepresentantes SPA “ Sentir, Pensar e Agir” é constituído pelos clientes dos Centros de Atividades Ocupacionais, sendo uma das componentes do sistema de participação na vida da AAPACDM.

O SPA foi constituído em 2004 por clientes que sentiram a necessidade de expressar as suas opiniões e fazer valer os seus direitos.

Na implementação deste grupo foram assumidos pressupostos inerentes à Autodeterminação e o Empowerment.

» Aprender a falar por si, saber o que precisam e como conseguir;

» Saber os seus pontos fortes e definir as próprias metas;

» Fazer as suas escolhas e tomar decisões sobre os assuntos que lhe dizem respeito;

» Conhecer e praticar os seus direitos e responsabilidades legais;

» Defender a sua integração e igualdade de oportunidades na comunidade.

Sentir as nossas necessidades

Pensar sobre os nossos direitos

Agir e lutar pelos nossos direitos

 

~ Empowerment

~ Autodeterminação

~ Participação ativa institucional/Comunidade

~ Igualdade de oportunidades

  • Potenciar a participação ativa dos clientes na AAPACDM;

  • Capacitar os clientes de competências necessárias, valorizando as suas opiniões nas decisões que lhe dizem respeito;

  • Informar e promover a reflexão sobre os direitos e deveres dos clientes da AAPACDM;

  • Recolher sugestões aos serviços prestados e apoios dados pela Instituição, bem como às atividades desenvolvidas, com vista a uma melhoria contínua;

  • Melhorar a qualidade de vida dos seus clientes;

  • Mudar a perceção da comunidade acerca das pessoas com deficiência.

A dinamização do grupo de autorrepresentantes é realizada semanalmente e apoiada pela psicóloga que promove a aquisição e/ou desenvolvimento de:

  • Competências de comunicação e sociais (ex: falar por si próprio, apresentar-se, começar e terminar uma conversa, saber ouvir e demonstrar empatia);

  • Competências de autoconhecimento (ex: conhecer as suas capacidades e limitações, identificar e descrever as suas necessidades, desejos, planos e interesses, transmitir as suas emoções);

  •  Competências de Assertividade (ex: conhecer os seus direitos e deveres, resolver problemas, saber proteger-se em situações de mau trato e discriminação);

  • Competências de Tomada de Decisão e Planeamento (ex: aprender com os seus erros, a saber encontrar a informação que lhe interessa, a tomar decisões, a pedir ajuda quando necessita, assumir a responsabilidade pelas suas ações)

Anualmente, realiza-se a eleição de um representante.

Todos os clientes devem ter oportunidade de falar.

Toda a informação deve ser em linguagem fácil.

O SPA tem tido uma participação cada vez mais ativa na defesa e promoção dos direitos dos clientes da AAPACDM:

  • Adaptar para leitura fácil a Visão, Missão e Valores da Instituição e outros documentos;

  • O livro dos direitos e deveres dos clientes da AAPACDM;

Livro dos Direitos Humanos

Informar sobre acessibilidade e as barreiras arquitetónicas dentro da instituição, medidas de prevenção e segurança (simulacros…);

 

Realizar em leitura fácil atividades/ações de sensibilização sobre temas como: a Igualdade de Oportunidades; Não discriminar; Bullying; Confidencialidade;

Jornal de parede;

 

Boletim Informativo do SPA;

 

Participar ativamente nas atividades, eventos e projetos institucionais;

 

Participar no plano de atividades do Centro de Atividades Ocupacionais e realizar um plano de atividades do Grupo SPA

Realizar uma coleção “Valores Humanos” - Histórias de todo o mundo, com texto e ilustração da autoria dos clientes: “ Dormir é bom” e “ Não saias de casa sem avisar”;

 

Estreitar relações e partilhar experiências com outros grupos de autorrepresentantes participando em encontros e atividades desenvolvidas pelo PAR (Plataforma Nacional de autorrepresentantes)